Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Macbor Rockster: salero espanhol

A Macbor é uma marca espanhola com uma história recente. No entanto o seu êxito no mercado ibérico na classe 125 é um facto real, reforçado pelo alargamento da sua gama adventure, com a designação Montana, cuja XR5 de 500cc se colocou ao nível do que melhor se faz nessa classe.

As escolhas de Valter Lemos

O Suzuki Jimny é um ícone da indústria automóvel japonesa cuja produção se iniciou há mais de 50 anos (em 1970), tendo sido comercializado também com outros nomes, como Santana ou Samurai entre outros.

As escolhas de Valter Lemos

Uma nova Honda é sempre uma grande notícia no motociclismo. Tratando-se do maior construtor mundial é sempre com expetativas elevadas que se recebe a notícia da mota apresentada no importante salão de Milão (EICMA,2023).

As escolhas de Valter Lemos

A Aprilia é uma marca italiana do grupo Piaggio com um palmarés desportivo invejável, tendo sido campeã mundial em várias categorias, destacando-se os títulos de Superbike em 2010, 2012 e 2014. Atualmente é a marca do “nosso” Miguel Oliveira em MotoGP.

Honda Hornet – O voo do moscardo

A Hornet (zangão, moscardo) foi uma das motos mais icónicas do maior construtor mundial de veículos motorizados de duas rodas.

As escolhas de Valter Lemos

A Triumph é uma marca britânica de grandes tradições no fabrico de motos que no século XXI tem crescido com grande pujança com novos modelos em diversas categorias afirmando-se como uma das marcas de referência nas médias e altas cilindradas onde se afirma no grupo de marcas mais premium como as italianas Ducati, Aprilia e Moto Guzzi ou a alemã BMW.

Honda CL 500 – Street-Scrambler

Os anos recentes trouxeram novamente na mobilidade de duas rodas uma moda scrambler com diversas marcas a lançarem muitos modelos das mais diversas potências, desde as pequenas 125 de origem asiática até às grandes 1200 italianas.

BENELLI LEONCINO 125 – Leãozinho

A Benelli é uma marca italiana atualmente integrante do Quianjiang Group, um dos maiores grupos industriais chineses. Para manter a identidade a marca tem o seu departamento de design em Itália, mas a produção tem lugar em Xangai, na China, visando custos mais baixos. Nos últimos anos a marca tem obtido um enorme sucesso, tendo chegado ao primeiro lugar de vendas na Itália. Em Portugal, conseguiu também no ano passado obter o primeiro lugar na classe das 125, com a sua Leoncino.

Moto Guzzi V100 – Alta-costura italiana

A Itália continua a ser a pátria da “alta-costura” de carros e motos. É verdade que a indústria italiana, passou por um processo de reorganização nas últimas décadas, designadamente com a aquisição de várias marcas por grupos de outros países, mas isso não impediu que alguns se tivessem mantido como a Ferrari nos carros e o Grupo Piaggio (Aprilia, Moto Guzzi, Vespa e Piaggio) nas motos.

Os elétricos mais baratos

A produção e venda de viaturas elétricas continua a crescer. Já não parece haver dúvida que o futuro será maioritariamente elétrico, ainda que seja provável que não ocorra o desaparecimento total dos motores de combustão, pelo menos, durante as próximas duas dezenas de anos e se venha a verificar um crescimento da utilização do hidrogénio. Mas, neste caso, a propulsão é também elétrica.

Royal Enfield HNTR 350, bonita e barata

A Royal Enfield continua a renovação da respetiva gama, com modelos que conseguem, em regra, ser bonitos, bons e baratos. A marca de origem inglesa e com sede e produção na India lançou, para 2023, alguns modelos. Entre eles destaca-se a HNTR 350, uma naked acessível, mas com ar jovem num design neoretro moderno.

As escolhas de Valter Lemos

A BMW é um dos maiores construtores mundiais de automóveis e motos, com uma sólida reputação de qualidade. Não sendo dos construtores mais inovadores, ainda assim tem surpreendido, por vezes, com novos conceitos, ainda que nem sempre com o mesmo sucesso.

As escolhas de Valter Lemos

A Autoeuropa é a maior fábrica do setor automóvel instalada em Portugal. Desde a sua inauguração até hoje já produziu cerca de 3,5 milhões de automóveis. Atualmente produz o T-Roc, modelo SUV da proprietária Volkswagen que conta já com mais de um milhão de exemplares saídos de Palmela, onde se localiza a dita fábrica, para todo o mundo, dado que este modelo só é produzido ali.

EcoRally Proença-a-Nova tem vencedores

A Equipa Eduardo Carpinteiro/João Serôdio, em Renault Zoe, é a vencedora da edição deste ano do EcoRally Proença-a-Nova. A prova, a terceira etapa do "Campeonato Nacional de Novas Energias-Prio", que tem o apoio do Ensino Magazine, permitiu à dupla vencedora isolar-se na liderança do Campeonato Nacional de Novas Energias-Prio.

Moto GP vs. Superbikes

Desta vez não venho falar de um modelo de moto ou automóvel, mas tentar responder a uma pergunta que me tem sido feita com frequência. Quais as diferenças entre as Moto GP e as Superbikes?

A FAMEL está de volta!

A Famel foi uma marca de motas com extraordinário êxito na década de 70 do século passado em Portugal. O acrónimo Famel vem de Fábrica de Produtos Metálicos Lda, que era uma empresa portuguesa situada em Àgueda , ainda que se tenha vulgarizado a versão marota de que derivava da frase F***-se a Mota É Linda!

Escuderia: Melhor rali está de volta ao asfalto com o Ensino Magazine

Considerado em várias edições como a melhor prova do campeonato nacional, o Rali de Castelo Branco - Vila Velha de Ródão vai para a estrada de 10 a 12 de junho. As novidades são muitas e o Ensino Magazine é um dos parceiros da prova. A organização é da Escuderia Castelo Branco.

As escolhas de Valter Lemos

A Royal Enfield tem vindo a remodelar a sua gama, com modelos que, mantendo as linhas clássicas que sempre os definiram, subiram muito a qualidade, real e percecionada, dos mesmos. Tal tem-lhe permitido alargar de forma significativa as vendas em mercados mais exigentes, como o europeu, onde as vendas dos mais recentes Interceptor e Continental GT, bem como da bem-nascida trail Himalayan, têm crescido de forma sustentada.