Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Universidade UBI atribui título de professor emérito ao antigo reitor Manuel Santos Silva

12-01-2024

A Universidade da Beira Interior (UBI) atribuiu ao antigo Reitor Manuel Santos Silva o título de Professor Emérito, disse ao Ensino Magazine aquela instituição. A entrega do diploma honorífico está prevista para a cerimónia do dia da Universidade, em 30 de abril deste ano.

Na nota enviada à nossa redação, a UBI  explica que  a atribuição deste título "resulta da aprovação, por unanimidade, no seio da Comissão Científica do Senado, de uma proposta apresentada pelo Conselho Científico da Faculdade de Engenharia. A homenagem tem em conta as qualidades demonstradas por Manuel Santos Silva, designadamente no relevante contributo, que marcou toda a comunidade académica nacional e internacional, e o seu importante papel para o avanço da ciência e da cultura, ao longo da sua vasta carreira profissional como docente da Faculdade de Engenharia e investigador do FibEnTech - Fiber Materials and Environmental Technologies".

No mesmo documento, é também referido o percurso daquele Professor Catedrático Jubilado. "Enquanto cientista esteve envolvido na implantação, crescimento e afirmação da investigação em materiais fibrosos, têxteis e celulósicos. Fundou a unidade de investigação MTP e, posteriormente, o FibEnTech, em 2013, tendo desempenhado cargos de coordenação, por mais de 20 anos. Detém diversas patentes de equipamento de controlo de qualidade baseado na aplicação de lasers aos Têxteis e construiu protótipos como o 'Paralelitex' e o 'Pilositex'. Desenvolveu trabalhos de investigação com base em técnicas de processamento de imagem e, mais recentemente, no domínio dos Têxteis inteligentes".

Como reitor, cargo que exerceu de 1996 a 2009, "desenvolveu as faculdades de Engenharia e de Ciências Sociais e Humanas e criou as faculdades de Artes e Letras e de Ciências da Saúde. Este crescimento da instituição traduziu-se na ampliação de estruturas físicas e de novas áreas científicas, que deram origem a diversos cursos".

A UBI recorda ainda que lhe foram "atribuídos vários prémios, entre os quais o Prémio da Ciência e Tecnologia da Fundação Calouste Gulbenkian, em 1981, e o Prémio da Boa Esperança, em 1989. Por decreto do Primeiro-Ministro da República Francesa, foi nomeado, em Agosto de 1999,'Officier dans l’Ordre des Palmes Académiques', pelos serviços prestados à Cultura Francesa. Também a 'Ordem Internacional da Fraternidade Brasil Portugal' lhe concedeu o Grau de Grã-Cruz da 'Ordem do Mérito do Descobridor do Brasil Pedro Álvares Cabral', em Abril de 2005. Foi condecorado com a Grã-Cruz da Ordem da Instrução Pública, atribuída pelo Presidente da República Portuguesa, em 10 de Junho de 2011.

UBI
Voltar