Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Portugueses são os mais participativos Universidade de Évora com aplicação para registo de instalações fotovoltaicas 07-04-2021

A Universidade de Évora (UÉ) é a promotora, através da sua Cátedra de Energias Renováveis, em Portugal, da aplicação (app) para registo de instalações fotovoltaicas. A Generation Solar está disponível para plataformas IOS e Android. Os portugueses são os mais participativos da União Europeia.

Em nota enviada ao Ensino Magazine, a UÉ explica que a app foi lançada, em 2020, no âmbito do projeto de ciência aberta e cidadã GRECO (Fostering a New Generation of European Photovoltaic Society through Open Science).

Luís Fialho, investigador da Cátedra e responsável pelo projeto em Portugal, revela na mesma nota, que “os utilizadores e proprietários destas instalações poderão trocar informações e ver respondidas algumas das suas dúvidas sobre o funcionamento destes equipamentos, além de poderem aceder a informação estatística exclusiva para utilizadores registados”.

De acordo com a UÉ, "a informação registada permitirá também criar um banco de dados global sobre geração de energia solar, que ajudará cientistas e investigadores e desenvolver melhores modelos científicos de eficiência energética".

De entre os países europeus, Portugal é aquele se se destaca na utilização da aplicação. “Não temos uma ideia exata do número de instalações existentes no nosso país, mas acreditamos que ainda será possível vermos crescer o número de participantes em diversas zonas do território nacional”, explica o investigador da CER-UÉ.

O GRECO é um projeto multinacional, apoiado pelo programa Horizonte 2020, da Comissão Europeia, com a subvenção nº 787289, que conta com a participação da CER-UÉ, e que tem como principal objetivo promover a aplicação da Ciência Aberta e Investigação e Inovação Responsável (RRI, sigla em inglês) a um projeto de investigação no setor fotovoltaico.

 
Voltar