Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

XXI Encontros de Cinema de Viana do Castelo Filme da UBI premiado

22-11-2021

‘Camaradas de armas’, realizado por Catarina Henriques, é o vencedor do Prémio Primeiro Olhar, do XXI Encontros de Cinema, organizado pela Associação AO NORTE e pela Câmara Municipal de Viana do Castelo, tendo decorrido entre os dias 18 de outubro e 5 de novembro.

O filme de final de curso do Mestrado em Cinema da Universidade da Beira Interior (UBI) foi eleito pelo júri como o melhor documentário realizado por alunos de escolas de cinema, de audiovisuais ou comunicação, e por participantes em cursos de documentarismo promovidos por outras entidades de Portugal, Espanha, Brasil.

O trabalho de 2.º Ciclo, que teve orientação da docente da Faculdade de Artes e Letras, Manuela Penafria, é uma curta-metragem documental de aproximadamente 30 minutos que acompanha, sem intervenção da realizadora, a vida de cada um dos jovens que ingressaram no curso de Praças Fuzileiros de 2018.

Além do eventual lado desumano e assustador da vida militar, existe outra perspetiva que não costuma ser mostrada. É esse lado que Catarina Henriques pretendeu apresentar no filme, ou seja tudo aquilo que torna os militares iguais aos civis.

Da UBI foram selecionados três filmes. Além de ‘Camaradas de armas’, estiveram no certame ‘Memória descritiva’, de Melanie Pereira, filme realizado no âmbito da Unidade Curricular de Oficina do Cinema, do 1.º ano do Mestrado. Esteve ainda ‘Século abandonado: os pavilhões do Parque’, de Henrique Linhales Rangel, realizado na UC de Projeto de Cinema I, do 2º ano da Licenciatura em Cinema.

 
Voltar