Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Obra custa 4,3 milhões de euros IPPortalegre avança para escola de pós-gradução

22-01-2024

O Politécnico de Portalegre vai avançar com a construção da Escola de Pós-Graduação, confirmou ao Ensino Magazine o presidente da instituição. Luís Loures refere que esta é uma “iniciativa pioneira e de enorme relevância para a região Alentejo, num investimento de 4,3 milhões de euros, integrado no Programa Impulso Adultos, financiado na totalidade pelo Plano de Recuperação e Resiliência (PRR)”.

Aquela responsável diz que a obra deverá começar em fevereiro, prevendo-se a sua conclusão a tempo de iniciar o ano letivo de 2025/2026, ou seja, em setembro de 2025”.

A escola será construída no campus da instituição, onde já estão as escolas de Tecnologia e Gestão, e de Saúde, bem como as incubadoras BioBip, e pretende desenvolver atividade nas áreas da investigação e formação avançada. 

Este projeto surge no âmbito do Consórcio Meridies, projeto que o IPP lidera, em parceria com os politécnicos de Beja, Santarém, Setúbal e Universidade de Évora.

 “Este é um projeto diferenciador que permitirá congregar no mesmo espaço toda a formação avançada ministrada pelo Politécnico de Portalegre, mas também aquela que venha a ser desenvolvida no âmbito do Consórcio Meridies”, conclui Luís Loures.

Segundo o projeto, a nova escola vai ocupar uma área privilegiada de cerca de dois mil metros quadrados no campus do politécnico de Portalegre, disponibilizando oito salas de formação, duas salas polivalentes, um auditório e uma varanda, além de espaços comuns de apoio aos utilizadores. 

Voltar