Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Agrária de Santarém 24 horas de agricultura

18-04-2022

A Escola Superior Agrária do Politécnico de Santarém recebeu, no passado dia 9 de abril, as 24 Horas de Agricultura Syngenta, disse ao Ensino Magazine aquela instituição de ensino.
Trinta equipas, num total de 150 alunos de estabelecimentos de ensino de todo o país estiveram em competição naquela que é a 5ª edição das “24h de Agricultura Syngenta”. A iniciativa envolveu um conjunto significativo. A equipa Marfadecos, do Instituto Superior de Agronomia, como a equipa vencedora.
Citada na nota enviada à nossa redação, Ana Cristina Ramos, da Associação Portuguesa de Horticultura, explicou que as 24h de agricultura “são uma oportunidade para os jovens contactarem com o mundo do trabalho, ao mesmo tempo que as provas são também uma forma de aprender e de competir, dando-lhes a conhecer a realidade do mercado de trabalho», pois aproxima-os «dos profissionais do setor”.
Este ano o tema é a “Agricultura 4.0”. No fundo, e como revelou aquela responsável o tema passa pela da digitalização da agricultura e como a informática serve a agricultura.
Margarida Oliveira, a subdiretora da Escola Agrária de Santarém, também na mesma nota, classificou a iniciativa como «muito importante», pois permite aos alunos “articular conhecimentos e colocá-los em prática em contexto real, ao mesmo tempo que o trabalho desenvolvido em equipa permite criar sinergias, dando uma perspetiva sob o que será o mercado de trabalho”.
Para a Escola Superior Agrária do Politécnico de Santarém a realização da prova nas suas instalações é «um motivo de grande orgulho», pois significa que a Escola «está bem apetrechada para enfrentar os desafios da Agricultura 4.0».

 
Voltar