Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

Politécnico Ciência à conversa no Politécnico de Setúbal 01-04-2021

O Instituto Politécnico de Setúbal retoma, dia 7 de abril a iniciativa "Ciência à Conversa" . A atividade é aberta à comunidade académica e ao público em geral com o objetivo de se debater os novos conhecimentos produzidos num registo informal e acessível a todos.

Em nota enviada ao Ensino Magazine, o Politécnico de Setúbal refere que "nesta 50ª edição do Ciência à Conversa, inaugurado em maio de 2015, estará em destaque o Centro de Investigação em Energia e Ambiente (CINEA-IPS), e concretamente três dos seus projetos atualmente em curso. O SCORES, na área da eficiência energética e com financiamento europeu do programa H2020; o OSTRAQUAL, que aposta na valorização e promoção das ostras de Aquacultura nas regiões do Sado e Mira; e o GI4SADO, que propõe um modelo de gestão integrado como ferramenta de apoio à governança do Estuário do Sado". 

A sessão terá início às 13H30 e passa a ser aberta à comunidade local, tendo como principais oradores os docentes e investigadores Luís Coelho (coordenador do CINEA-IPS), Ana Mata e Ricardo Salgado, reservando a sua segunda parte para divulgação de informação científica por parte dos restantes centros de investigação, em apresentações curtas (pitch) de três minutos.

Depois de um ano de interrupção devido ao contexto pandémico, estão de volta os encontros à primeira quarta-feira de cada mês, durante o período de almoço, desta vez em formato online e com um novo foco, centrando-se na divulgação da atividade dos nove Centros de Investigação e Prestação de Serviços do IPS (CIPS2).

Diz o Politécnico que com este ciclo mensal de encontros, e através da sua Unidade de Apoio à Inovação, Investigação & Desenvolvimento e Empreendedorismo (UAIIDE-IPS), pretende-se contrariar a imagem elitista que tantas vezes se associa ao meio científico, demonstrando que a ciência está presente em tudo o que fazemos e nas várias dimensões da vida em sociedade, podendo ser tema de conversa numa pausa para almoço.

 
Voltar