Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXIII

41º aniversário do Politécnico de Portalegre Protocolo, prémios e homenagem

14-12-2021

O Instituto Politécnico de Portalegre assinalou 41 anos de vida com um conjunto de atividades que se prolongaram entre 21 e 25 de novembro, entre as quais se destacou a celebração de um protocolo de cooperação com o Município de Portalegre e a Kyntech Services, o qual permiter desenvolver competências dos alunos de informática no sentido das necessidades do mercado de trabalho.
A parceria agora formalizada, mas já em fase de concretização, acontece na sequência do acordo estabelecido há um ano com a Softinsa, subsidiária da IBM, para a instalação de um centro de desenvolvimento, no Campus Politécnico, visando a criação de postos de trabalho qualificados. Um campus politécnico que recebeu a sessão solene, realizada no dia 25 de novembro, no âmbito da qual o anterior presidente da instituição, Albano Silva, tomou posse como novo Provedor do Estudante, tendo ainda sido alvo de várias homenagens ao longo da semana, que incluíram por exemplo, a cerimónia de descerramento da sua fotografia, na sala de atos.
Luís Loures, presidente do Politécnico de Portalegre, lembrou que o Politécnico de Portalegre foi e continuará a ser uma instituição de olhos postos no futuro, “que aposta na modernidade e valorização do conhecimento, que mais do que competir, quer cooperar, e que muito dificilmente não responde de forma afirmativa aos desafios que lhe são lançados”.
O novo presidente do IPPortalegre recordou que “as enormes alterações provocadas pelas grandes transições operadas nas últimas décadas, reforçam o papel das instituições de ensino superior enquanto bastiões da investigação, da inovação, do conhecimento, da criatividade, da cultura e da democracia, forçando-as a assumir as tarefas que as novas gerações e o planeta exigem. E que neste contexto, é imperioso fomentar a cooperação, pois só cooperando seremos capazes de nos tornarmos competitivos num país demasiado desequilibrado do ponto de vista da ocupação territorial, o que acarreta dificuldades acrescidas às Instituições de Ensino Superior situadas no interior”
Aquele responsável sublinhou também a luta dos politécnicos pela alteração da designação. “Ao nível do ensino superior, o objetivo que os Politécnicos através do seu conselho coordenador foram capazes de ganhar a pulso, mostrando à tutela a existência de condições e capacidade instalada para lecionar doutoramentos, continua há mais de dois anos a aguardar uma definição política, tal como continua em suspenso a pretensão da alteração da designação de Instituto Politécnico para Universidade Politécnica, que podendo ter um impacto significativo ao nível da equidade das Instituições de Ensino Superior, seria um fator distintivo ao nível do processo de internacionalização dos Politécnicos. A este nível, permitam-me que partilhe convosco uma curiosidade, referente ao Politécnico de Macau, que sendo membro do Conselho Coordenador dos Instituto Superiores Politécnicos, viu este mês essa pretensão ser justamente reconhecida, tendo adquirido a designação de Universidade Politécnica de Macau”, disse.
A cerimónia começou com o visionamento da curta-metragem de animação ‘Santuário’, cujos quatro autores foram recentemente distinguidos com o Prémio Jovem Cineasta Português, na 45ª edição do Festival CINANIMA. Hugo Santos, Pedro Bilé, Diogo Costa e Tyffany Reis, são alunos da licenciatura em Design de Animação e Multimédia, da Escola Superior de Tecnologia e Gestão.
Incluiu ainda a atribuição do título de Professor Honoris Causa do Instituto Politécnico de Portalegre, ao professor Virgílio Alberto Meira Soares, “pelo seu brilhante currículo académico na área da Química e da Política Educativa em geral, e da avaliação e qualidade do Ensino Superior em particular, áreas onde foi referência nacional e internacional”, mas também “pela sua ligação a Portalegre e ao seu Instituto Politécnico, primeiro como presidente do Conselho Científico da ESTG e depois como membro do seu Conselho Geral”.
Finalmente, foram entregues os prémios aos melhores alunos, designadamente os patrocinados por entidades como a Caixa Geral de Depósitos, Câmara Municipal de Portalegre, Agrocinco, Delta Cafés, Óptica Reis, família do Dr. Francisco Tomatas, Grupo A Matos Car, jornal Ensino Magazine e pelo Congresso Nacional da Associação Portuguesa de Investigação Operacional (APDIO). Foram ainda homenageados os trabalhadores aposentados em 2021 e os trabalhadores que cumpriram 25 anos de serviço na instituição, bem como os vencedores do Concurso Regional Poliempreende.
A entrega dos prémios ficou marcada pelo gesto altruísta do melhor aluno diplomado – grau Mestre, Luís Filipe do Carmo Calado, do mestrado em Tecnologias de Valorização Ambiental e Produção de Energia, que ofereceu o seu prémio, no valor monetário de 300 euros, ao programa de apoio social indireto “IPP Amigo”, por “promover a equidade entre todos os estudantes”.
De referir que os festejos do 41º aniversário arrancaram no dia 21, com a participação de uma equipa de atletas “da casa” (funcionários e diplomados), que envergaram a camisola do Politécnico na EDP Meia Maratona de Lisboa.

 

 

Ensino Magazine distingue Portalegre

 

O Ensino Magazine atribuiu ao Instituto Politécnico de Portalegre uma salva de mérito no âmbito do 40º aniversário. A distinção que deveria ter sido atribuída no ano passado (a cerimónia não se realizou devido à pandemia) foi agora entregue por ocasião do 41º aniveersário. Albano Silva, na altura presidente do Politécnico, recebeu o prémio das mãos do diretor da publicação, João Carrega.
A salva de mérito reconhece o trabalho realizado pelo instituto em prol do desenvolvimento da região e do país.

 
Voltar