Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXII

Responsabilidade e solidariedade Politécnico de Setúbal ganha dois prémios de responsabilidade social 21-11-2020

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) acaba de ser distinguido com dois prémios no âmbito da 6.ª edição do Reconhecimento de Práticas em Responsabilidade Social e Sustentabilidade (RPRSS), promovido pela Associação Portuguesa de Ética Empresarial (APEE). O anúncio foi feito ao Ensino Magazine pela instituição.

Em nota enviada à nossa redação, o Politécnico de Setúbal diz que este é o reconhecimento, por parte da APEE  dos vários projetos desenvolvidos pelo IPS no âmbito do projeto “IPS Solidário”, em estreita ligação com a comunidade envolvente, e todo o conjunto de ações recentes de apoio à educação em contexto de pandemia.

 A cerimónia da entrega de prémios decorreu em formato online e contou com a presença do secretário de Estado do Tesouro, Miguel Cruz.

Pedro Dominguinhos, presidente do IPS, mostrou-se honrado em receber os prémios, mas considerou que esse facto dá mais “responsabilidade e maior motivação para continuarmos a trabalhar em prol da comunidade IPS e envolvente, no sentido de contribuirmos para  uma sociedade mais coesa, inclusiva e sustentável, enquanto instituição de ensino superior mais cidadã”.

Citado na nota enviada ao Ensino Magazine, Carlos Mata, vice-presidente do IPS com o pelouro da Sustentabilidade e Responsabilidade Social, considerou que ambos os galardões “são o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela comunidade IPS, em particular nos últimos anos, que visa o envolvimento de forma inclusiva e dinâmica da sua comunidade académica em ações que melhorem o desempenho social/ambiental, através da educação e sensibilização”, de forma a “fomentar e reforçar comportamentos que influenciem a comunidade envolvente, pela partilha de experiências e desenvolvimento coletivo de atividades”.

O Politécnico de Setúbal explica que no Eixo 1 – Responsabilidade Social, o IPS distinguiu-se na categoria Comunidade, com o projeto “IPS Solidário”. Um chapéu alargado onde cabem, entre outras, iniciativas tão diversas como a “Oficina das Profissões”, destinada a crianças e jovens provenientes de bairros vulneráveis de Setúbal e Moita; a participação em projetos de turismo inclusivo e acessível em várias praias de Sesimbra e Setúbal; e ainda três intervenções para  reduzir o impacto negativo do isolamento social junto da população idosa:  “Ouvindo os Idosos”, “IdoSOS – Um dedo de conversa” e “Comunidade para uma Vida Saudável”.

Diz o IPS, que mais "recentemente, já em contexto de pandemia e face a algumas das principais carências sentidas por diversas entidades do distrito de Setúbal, em particular das áreas da saúde e da economia social, o IPS decidiu apostar na produção e distribuição local de equipamentos de proteção individual. O projeto, levado a cabo por voluntários da comunidade académica do IPS, com a ajuda de 12 entidades parceiras, permitiu apoiar mais de 100 organizações, com mais de 7 000 litros de álcool gel e 9 000 viseiras.

Quanto ao Eixo II – Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), o IPS foi reconhecido na categoria ODS 4 – Educação de Qualidade, pela mobilização, em tempo recorde, de toda a sua comunidade académica, no sentido de garantir que nenhum estudante ficasse prejudicado no seu percurso académico, por falta de meios informáticos e/ou acesso à Internet em casa para acompanhar o Ensino a Distância, ou por redução de recursos económicos decorrente do contexto de pandemia.  Entre as práticas distinguidas, destacam-se um programa de empréstimo de computadores,  através do parque informático do IPS e de doações da comunidade académica (campanha “Empresta ao teu colega”), bem como de aparelhos hotspot fornecidos pela Associação Académica; o programa de auxílio económico de emergência Unidos@IPS; a prorrogação do prazo para pagamento de propinas; e ainda o programa Pratica_Mente Juntos, de promoção do bem-estar físico e mental em casa.

Recorde-se que não é primeira vez que o IPS vê reconhecidas as suas boas práticas na área da Responsabilidade Social/Sustentabilidade, tendo sido, em 2019, um dos vencedores dos Prémios de Voluntariado Universitário (PVU), promovidos pelo banco Santander, e simultaneamente merecedor da menção honrosa Instituição de Ensino Superior + Voluntária.

 
Voltar