Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXVI

Opinião Os segredos do coração e os prodígios da cirurgia cardíaca

O coração é, a meu entender, o órgão mais misterioso do corpo humano.

A vontade de conhecer os mistérios deste órgão remonta desde o velho Egipto, há quase 5000 anos, retratado no Livro dos Mortos, cuja parte mais importante da alma egípcia - o coração - era colocada num prato de uma balança e sob o outro uma pena, perante o olhar atento de Osíris, que avaliava se aquele corpo tinha ou não permissão para entrar no Reino Sagrado.

Essa vontade de conhecer este intrigante órgão manteve-se século após século, com especial destaque no Renascimento, onde um dos maiores anatomistas de todos os tempos, Leonardo da Vinci, lhe chamava o “órgão do centro da vida”.

Considerado desde sempre como o órgão dos sentimentos e emoções, funciona como uma bomba muscular incansável, que se contrai mais de cem mil vezes por dia, para ejetar sangue para os pulmões e para a artéria aorta, por forma a garantir o fornecimento de sangue rico em oxigénio e nutrientes para todos os órgãos e músculos do organismo. O coração é, ele próprio, vascularizado por sangue que lhe chega através das artérias coronárias. Tem quatro cavidades cardíacas, duas aurículas e dois ventrículos, que estão separados entre si por paredes e por quatro válvulas que são responsáveis por garantir que o sangue circula no sentido correto.

Qualquer uma destas estruturas do coração pode ter alterações e ser necessária a Cirurgia Cardíaca para o tratamento dessas doenças. Segundo a OMS, a doença cardiovascular é a principal causa de mortalidade no mundo, sendo responsável por 17,5 milhões de mortes todos os anos.

As doenças das artérias coronárias são um dos principais exemplos, frequentemente encontradas em doentes com fatores de risco cardiovasculares como a hipertensão arterial, diabetes mellitus, excesso de peso, tabagismo, dislipidemia e sedentarismo. A aterosclerose é responsável pela angina de peito, caracterizada por uma dor torácica em aperto desencadeada por esforços, que resulta de um estreitamento de uma ou mais dessas artérias, ou pelo enfarte agudo do miocárdio, vulgarmente conhecido por ataque cardíaco, quando uma dessas artérias fica totalmente ocluída.

As doenças das válvulas do coração são outro exemplo de patologia cardiovascular, que podem estar alteradas por aperto (estenose) ou encerramento deficiente (insuficiência), sendo que, entre estas, as mais frequentes são a estenose da válvula aórtica e a insuficiência da válvula mitral.

Outra área de intervenção são as doenças que abrangem os grandes vasos que saem do coração, nomeadamente os aneurismas da aorta e a rotura/dissecção da aorta.

Na etiologia congénita, o recém-nascido nasce com anomalias nas paredes do coração ou outros tipos de malformações cardíacas, em que a intervenção precoce da cirurgia altera o rumo da história natural da doença.

Outras patologias cardíacas como as doenças do músculo cardíaco, as doenças do pericárdio, os tumores cardíacos e as arritmias supraventriculares podem ser demasiado agressivas para o coração e evoluir para insuficiência cardíaca. Em fases muito avançadas de insuficiência cardíaca terminal, em que o músculo perdeu a sua função contráctil, alguns doentes podem, ainda, ser tratados com recurso a suporte circulatório mecânico ou por transplantação cardíaca, consideradas terapêuticas de último recurso.

Apesar da gravidade, felizmente existe tratamento cirúrgico para estas doenças. Embora sejam intervenções complexas, a prodigiosa evolução da cirurgia cardíaca, graças à melhoria tecnológica e ao aperfeiçoamento das técnicas cirúrgicas, permite, nos dias de hoje, a realização de procedimentos cada vez mais seguros possibilitando uma recuperação mais rápida do doente.

 

www.delimaantunes.pt

André de Lima Antunes
Cirurgião cardíaco no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra | Docente na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra | Médico na De Lima Antunes | Health Care Services