Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Politécnico Politécnico de Setúbal conquista duas bandeiras EcoCampus

17-11-2022

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) foi reconhecido, a 19 de outubro, em Coimbra, com duas bandeiras EcoCampus, que premeiam as boas práticas ambientais desenvolvidas nos campi de Setúbal e do Barreiro, por onde se distribuem as suas cinco escolas superiores.
O EcoCampus, galardão entregue pela primeira vez em Portugal, integra um novo programa da Associação Bandeira Azul da Europa (ABAE) que pretende promover a sustentabilidade nas instituições de ensino superior (IES). É coordenado a nível internacional pela Foundation for Environmental Education (FEE) e constitui um processo suplementar ao programa Eco-Escolas e à sua metodologia dos “7 passos”, ao promover a melhoria contínua da gestão ambiental dos campi.
Com esta distinção, só disponível às IES reconhecidas como Eco-Escolas – o caso das cinco escolas superiores do IPS, que, desde 2018/2019 e até à data, vêm conquistando este galardão – o IPS propõe-se cumprir um programa de ação para três anos, que envolve todos os serviços e valências dos seus campi e que inspira e mobiliza à adoção de comportamentos sustentáveis nas comunidades académica e local.
“Este galardão é o reconhecimento pelas práticas e a estratégia do IPS, nos campi de Setúbal e do Barreiro, para os próximos três anos, com vista à melhoria do desempenho ambiental e o desenvolvimento dos seus eixos estratégicos em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”, afirma Carlos Mata, vice-presidente do IPS para a Sustentabilidade, realçando a importância da “sensibilização e mobilização da comunidade académica e local” neste processo de construção de um EcoCampus “em prol de uma sociedade mais equilibrada, coesa e sustentável”.

 
Voltar