Este website utiliza cookies que facilitam a navegação, o registo e a recolha de dados estatísticos.
A informação armazenada nos cookies é utilizada exclusivamente pelo nosso website. Ao navegar com os cookies ativos consente a sua utilização.

Diretor Fundador: João Ruivo Diretor: João Carrega Ano: XXV

Atualidade Elvira Fortunato é nova ministra do Ensino Superior e João Costa assume ministério da Educação

23-03-2022

Elvira Fortunato é a nova ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, apurou o Ensino Magazine.

Na educação, João Costa, que desempenhava as funções de secretário de Estado, é agora o novo ministro. 

A confirmação é feita pela Presidência da República no seu site oficial.

A equipa do ministério da Ciência Tecnologia e Ensino Superior fica completa com Pedro Nuno Teixeira, vice-reitor da Universidade do Porto, como Secretário de Estado do Ensino Superior.

Na educação, João Costa terá apenas um secretário de Estado. É António de Oliveira Leite, e exercia funções de vice-presidente do Instituto do Emprego e Formação Profissional. 

 

Quem é a nova ministra

Docente e investigadora, Elvira Fortunato exercia as funções de vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa e substitui no cargo Manuel Heitor que exerceu aquelas funções nos últimos seis anos.

A nova ministra estava a coordenar a área de investigação na Universidade Nova desde 2017. É professora Catedrática no Departamento de Ciência dos Materiais da FCT NOVA dirigia o Laboratório Associado Instituto de Nanomateriais, Nanofabricação e Nanomodelação.

Elvira Fortunato é uma das mais prestigiadas investigadoras portuguesas, sendo pioneira na investigação europeia sobre eletrónica transparente utilizando materiais sustentáveis e tecnologias amigas do ambiente.

Segundo a página oficial da Universidade Nova, "recebeu nos últimos anos mais de 30 prémios e distinções internacionais pelo seu trabalho, sendo de destacar a condecoração com o grau de Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique o Navegador, pelo Presidente da República em 2010, a Medalha Blaise Pascal em 2016, o Prémio Czochralski em 2017, o Prémio Pessoa de 2020, o Prémio Horizon Impact da Comissão Europeia em 2020 com o projecto INVISIBLE, o Prémio da Federação Mundial da Ordem dos Engenheiros: WFOE GREE AWARD Women em 2020, o Prémio Estreito de Magalhães do Governo do Chile em 2020, o prémio de Inovação em Materiais 2021 concedido pela FEMS e o Prémio dos Direitos Humanos concedido pela Assembleia da República em 2021".

O seu vasto curríuculo revela que é "membro eleito da Academia de Engenharia, Academia Europeia das Ciências, Academia das Ciências de Lisboa e Academia Europaea. Integra o Conselho de Curadores da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento desde 2014. Coordenou vários projetos nacionais e internacionais sendo de realçar a sua atividade pioneira na Universidade NOVA de Lisboa na área da igualdade de oportunidades através do projeto SPEAR, uma plataforma europeia de apoio e implementação de planos para a igualdade de género em instituições do ensino superior", conforme é explicitado pela Universidade Nova.

 

Quem é João Costa

O novo ministro da Educação fica a liderar uma casa que bem conhece, onde exercia as funções de secretário de Estado Adjunto e da Educação. 

É professor Catedrático de Linguística na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Na página do governo que agora cessa funções, do currículo do novo ministro extrai-se que foi Secretário de Estado da Educação do XXI Governo Constitucional; Diretor da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa até novembro de 2015;  e Presidente do Conselho Científico das Ciências Sociais e Humanidades da Fundação para a Ciência e Tecnologia, até novembro de 2015.

Foi membro do Conselho Científico do Plano Nacional de Leitura, da Comissão Nacional do Instituto Internacional da Língua Portuguesa e do Conselho Consultivo do Instituto Camões; Presidente da Associação Portuguesa de Linguística e professor convidado em várias universidades no Brasil, Macau, Espanha, Holanda e Itália.

Integra o conselho editorial de várias revistas internacionais de linguística. No âmbito da sua atividade de investigação, a sintaxe teórica, a aquisição e desenvolvimento da linguagem e a linguística educacional, é autor de inúmeros artigos, capítulos de livros e livros.

 

Os nomes do novo Governo

 

Primeiro-Ministro
ANTÓNIO LUÍS SANTOS DA COSTA

Ministra da Presidência
MARIANA GUIMARÃES VIEIRA DA SILVA

Ministro dos Negócios Estrangeiros
JOÃO TITTERINGTON GOMES CRAVINHO

Ministra da Defesa Nacional
MARIA HELENA CHAVES CARREIRAS

Ministro da Administração Interna
JOSÉ LUÍS PEREIRA CARNEIRO

Ministra da Justiça
CATARINA TERESA ROLA SARMENTO E CASTRO

Ministro das Finanças
FERNANDO MEDINA MACIEL ALMEIDA CORREIA

Ministra Adjunta e dos Assuntos Parlamentares
ANA CATARINA VEIGA DOS SANTOS MENDONÇA MENDES

Ministro da Economia e do Mar
ANTÓNIO JOSÉ DA COSTA SILVA

Ministro da Cultura
PEDRO ADÃO E SILVA CARDOSO PEREIRA

Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
ELVIRA MARIA CORREIA FORTUNATO

Ministro da Educação
JOÃO MIGUEL MARQUES DA COSTA

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social
ANA MANUEL JERÓNIMO LOPES CORREIA MENDES GODINHO

Ministra da Saúde
MARTA ALEXANDRA FARTURA BRAGA TEMIDO DE ALMEIDA SIMÕES

Ministro do Ambiente e da Ação Climática
JOSÉ DUARTE PITEIRA RICA SILVESTRE CORDEIRO

Ministro das Infraestruturas e da Habitação
PEDRO NUNO DE OLIVEIRA SANTOS

Ministra da Coesão Territorial
ANA MARIA PEREIRA ABRUNHOSA TRIGUEIROS DE ARAGÃO

Ministra da Agricultura e da Alimentação
MARIA DO CÉU DE OLIVEIRA ANTUNES

UNOVA | Governo
 
Voltar