Artigos

Avaliação Formativa dos Docentes do Ensino SuperiorResumo:

A missão tripartida do ensino superior (ES) - ensino, investigação e extensão - encontra a sua materialização na actividade dos docentes dos quais é esperado que ensinem, investiguem e desenvolvam actividades de extensão, ou de ligação/serviço à comunidade.

portfolio numa perspectiva colaborativa próxima da das   comunidades de prática e de aprendizagem. Apresentamos nesta comunicação o desenvolvimento desta experiência e o impacto da mesma na voz dos que nela participaram, recorrendo para isso a entrevistas realizadas na fase final do projecto.

Das três componentes referidas a que tem um estatuto reconhecido é efectivamente a investigação, sendo que o mérito atribuído ao docente se baseia muito nela. Se grande parte do tempo do docente é dedicado ao ensino e se a sua profissionalidade passa efectivamente por esta função, não faria sentido que a mesma fosse reconhecida em pé de igualdade com as restantes? Se o docente faz de facto diferença na aprendizagem dos alunos não seria importante que este desenvolvesse competências que lhe permitam ser mais eficaz e eficiente nesta função? Como dar visibilidade e consequentemente valorizar esta componente da actividade docente?

Contrariamente à investigação que muitas vezes possibilita a ligação à comunidade e que constitui um critério claro de selecção e de promoção dos docentes no ES, a preparação e competência pedagógico-didáctica não é tida em conta nem à entrada da profissão nem na permanência na mesma ou progressão. Os docentes do ES exercem uma meta-profissão ou, nas palavras de Edgerton, possuem uma dupla cidadania, dado que a sua profissão de docente se constrói na base de outra à qual, efectivamente, sentem pertencer.

Considerando que a profissionalidade docente no ES implica competências desta ordem (pedagógico-didáctica) e que as mesmas não existem na generalidade dos docentes realizámos uma experiência-piloto que analisa o impacto de um projecto de avaliação formativa recorrendo ao uso do

Avaliação formativa, ensino superior, portfolioAvaliação Formativa dos Docentes do Ensino Superior.pdf (78 Kb)
O portfólio como dispositivo de avaliação do desempenho pedagógico e do desenvolvimento profissional dos docentes do ensino superiorResumo:

Apresenta-se aqui uma investigação de doutoramento, que tem como objectivo analisar em que medida o portfólio de docência pode constituir um dispositivo de avaliação formativa e de desenvolvimento profissional, na área pedagógico- idáctica, para os docentes do Ensino Superior.

O estudo segue uma metodologia de tipo investigação-acção colaborativa, que faz apelo ao trabalho cooperativo entre docentes, próximo das perspectivas reflexivas das "comunidades de prática" (e aprendizagem), que indubitavelmente, convocam processos de auto, hetero e co-avaliação.

Os resultados reportam-se ao modo como os participantes se apropriaram da metodologia do portfólio e se envolveram no processo de "avaliação-formação", revelando as possibilidades/impactos, os constrangimentos e os requisitos deste tipo de metodologia.

Abstract

 

This paper refers to a PhD research project, which has the goal of analysing to what extent the teaching portfolio can constitute a formative assessment and professional development device, in the pedagogical-didactic area, for Higher Education teachers.

The study follows a collaborative action research methodology, which encourages cooperative work among the teachers, and is similar to the reflective perspectives of the "communities of practice" (and learning), which undoubtedly involve processes of self, hetero and co-evaluation.

The results refer to the way the participants appropriate the portfolio methodology and involve themselves in the "assessment-training" process, revealing the possibilities/impacts, the constraints and the requirements of this kind of methodology.

PORTFÓLIO, AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO PEDAGÓGICO, DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DO ENSINO SUPERIORO PORTFÓLIO COMO DISPOSITIVO DE AVALIAÇÃO DO DESEMPENHO PEDAGÓGICO E DO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL DOS DOCENTES DO ENSINO SUPERIOR.pdf (199 Kb)
Formação Inicial de Professores de Educação Musical - Relatório Final de Estágio / Portfolio – início de uma auto-formação continuadaResumo:

Considerando que o Relatório Final [RF], previsto como etapa final do mestrado em Ensino de Educação Musical no Ensino Básico [EEMEB], convoca a aplicação dos conhecimentos obtidos na componente curricular em contexto profissional e sabendo que o seu objectivo último é demonstrar a clara interacção entre conhecimento científico e integração organizacional, entendemos necessária uma reflexão sobre o processo pressuposto para a realização do referido relatório. Sustentamos a nossa reflexão em dados concretos, incidindo sobre o primeiro momento avaliativo da praxis docente dos/as mestrandos/as, numa perspectiva comparativa entre o que era prática a nível da Licenciatura pré-Bolonha e o que agora se faz a nível do 2.º Ciclo Bolonha. A nossa intenção é, pois, focar o primeiro momento avaliativo da prática docente dos nossos/as estudantes do mestrado EEMEB, na Instituição onde trabalhamos e fazê-lo numa perspectiva comparativa com o que era usual fazer-se no final da Licenciatura pré-Bolonha.

Relatório Final de Estágio (123 Kb)
Escola para Todos - O Percurso necessário – Mito ou Realidade?Resumo:

O artigo tem como objectivo realçar a importância de uma "escola para todos" nas estruturas regulares de ensino, tendo como base a Declaração de Salamanca, bem como de quais os factores limitativos à sua concretização.

Escola para Todos (228 Kb)
Difusão da Cultura e Promoção da Vida: Uma escola no centro de um bairro pobre na Lisboa do século XIXResumo:

No decurso da investigação desenvolvida com vista à elaboração da tese de doutoramento e que teve como principal objecto de estudo, a obra pedagógica de Teresa de Saldanha (1837-1916), fomos confrontados com um importante espólio documental depositado num arquivo particular - o Arquivo das Irmãs Dominicanas de Santa Catarina de Sena - e num arquivo público - o Arquivo das Congregações do Arquivo da Torre do Tombo. Entre cartas particulares e livros de registos, passando por inúmeros relatórios de actividade e fotografias, tivemos acesso a um manancial de informações que, aos poucos, temos procurado sistematizar e tratar.

Difusão da Cultura e Promoção da Vida (229 Kb)
Edição Digital - (Clicar e ler)